Welcome to Helena Bordon’s website

Shop By Helena Bordon

Helena Bordon

Fashion, Fashion Week

 

A semana de Haute Couture (Alta Costura começou) começou e nós da HB selecionamos os looks que achamos mais incríveis da temporada.

Para quem não conhece, a Alta Costura é a moda feita por um couturier, isto é, um estilista que faz roupa sob medida conforme a necessidade de seus clientes. Antes de existir a moda Prêt-à-porter (Ready to wear) os famosos designers/costureiros de roupas eram conhecidos como couturiers, eles tinham um trabalho singular, exclusivo, manual e realizavam o trabalho conhecido como “Alta Costura/ Moda” – Haute Couture.

Além de ser extremamente exclusiva, Alta Costura tem todo um trabalho feito à mão, com materiais de altíssima qualidade. Quem define o que é e o que não é couture é a Federação da Alta Costura e da Moda (antiga Chambre Syndicale de la Haute Couture), que está localizado em Paris.


“A Chambre Syndicale de la Couture Parisienne é uma associação de couturiers parisienses fundada em 1868 como resultado de guildas medievais que regulamentam seus membros em relação à falsificação de estilos, datas de abertura de coleções, número de modelos apresentados, relações com a imprensa, questões de direito e impostos e atividades promocionais. A formação da organização foi realizada por Charles Frederick Worth e a escola afiliada foi organizada em 1930, é conhecida como L’Ecole de la Chambre Syndicale de la Couture. A escola ajuda a trazer novos designers para ajudar as casas de “costura” que ainda hoje estão presentes. Desde 1975, esta organização trabalha dentro da Federation Française, de couture, du Prêt-à-Porter des Couturiers et des Createurs de Mode”.

E assim, até hoje temos os desfiles desses grandes artistas com suas criaçoes exclusivas, conhecido como Alta Costura.

Os melhores looks da temporada

Começamos com Chanel, nesta temporada Virginie Viard criou uma atmosfera romântica, super delicada, sutil, e intimista como uma pequena celebração em família, como um casamento.  Mas não qualquer casamento.

“Essas não são, como diz Viard, as núpcias elegantes convencionais que se esperaria de uma coleção de alta costura parisiense, mas sim “um estilo mais boêmio – mais um casamento ou uma festa de família em uma vila do que no Ritz!” completa com “a mãe e a tia, [e] a garota de 15 anos se vestindo pela primeira vez” – a última em um minúsculo vestido preto adulto de tule preto brilhante usado com meias brancas opacas dos anos 1980.”

Simplesmente sublime





Valentino

Nesta temporada Pierpaolo Piccioli criou uma narrativa um pouco mais realista para o desfile, ao contrario da coleção passada, desta vez o estilista trouxe a roupa em si como foco. “A narrativa da coleção é a própria coleção. Sem histórias. Nada figurativo. Eu queria trabalhar em superfícies, não em um sentido decorativo, mas um acabamento que se torna a própria superfície” disse o estilista.

Silhuetas um pouco mais minimalistas, muita textura e cores vibrantes a coleção remete a um ultra moderno extremante chic e elegante. Outro traço comum eram as golas super luxuosas em crepe e cashmere bouclé, que ancoravam saias godês e algumas das mais maravilhosas experimentações com artesanato de alta costura, como uma capa perfurada embelezada com tranças e laços.

Fendi

A inpisração da coleção veio parte da a sensibilidade britânica do Grupo Bloomsbury e complementada pelas esculturas italianas e pelos proprios arquivos da Fendi.

Kim Jones fez uma estréia maravilhosa como diretor artística de moda feminina da Fendi com a coleção Couture. Abrindo o desfile com Demi Moore e contando com a participacao das super modelos Kate Moss, Christie Turlington e Naomi Campbell.

×

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!

HELENA BORDON © 2017 – Todos os direitos reservados

Website by Camila Bossolan

Pin It on Pinterest

Share This